BLOG

Todos Artigos InBound Marketing Boas Ideias Ferramentas digitais

Como as pessoas me encontram na internet?

Um dos últimos conceitos de marketing, afinado com a mais recente teoria do marketing 4.0 de Philip Kotler, é o InBound Marketing, ou marketing de atração.

O comportamento do cliente mudou com o surgimento da internet, smartphones, velocidade das coisas e principalmente das negociações comerciais. Parece que o mundo das vendas teve muita facilidade de se adaptar a realidade virtual, e o conceito do marketing 4.0 aborda isto: o marketing na internet, entre outras coisas.

A internet é basicamente uma fonte de informações. Aonde aquilo que eu pergunto, ela me responde. E isso se aplica para tudo. Tudo mesmo! Se penso que estou doente, pergunto na internet. Se preciso chegar a um lugar, pergunto o endereço na internet. Se esqueci aquela receita gostosa da vovó, tem na internet também! Tudo está ali, ao alcance da mão, a um click de distância.

Para as vendas, é exatamente igual. Se quero comprar um celular, procuro na internet. Mesmo se a pessoa nunca comprou numa loja online, ela pesquisa o modelo, preço, vê as fotos, namora o produto e vai numa loja física. Para aqueles que já compram e sabe avaliar uma boa loja virtual, fazem todas as pesquisas sobre a loja, e compram ali mesmo, no celular, na palma da mão.

Mas como funciona essa "mágica" de ser encontrado na internet? A internet não tem uma inteligência que faz isso sozinha? Não. Infelizmente a internet não pensa sozinha. Quem pensa somos nós, e usamos ferramentas de localização das informações que estão na internet.

Uma das configurações mais básicas de um site ou loja virtual que almeja ser encontrada é informar no script do site as palavras-chaves que identificam o seu produto ou artigo de blog. Então, quando alguém digita exatamente as mesmas palavras-chaves, o encontro acontece!

Essa é apenas a configuração de SEO - Search Engine Optimization (Optimização dos mecanismos de busca). Alguns sites têm esse campo no admin, mas saber exatamente as palavras-chaves que as pessoas vão digitar envolve o estudo do comportamento do cliente, identificação do público alvo, tendências de mercado e principalmente, as características do produto ou artigo.

O SEO compõe apenas uma fração das técnicas de atração do inbound marketing.

Quer usar todo o potencial desta técnica em seu site? Nos contate.

mais
De onde surgem as boas ideias de marketing?

As boas ideias de marketing digital não surgem. Elas são fruto de muito estudo teórico sobre marketing, muita experiência e muita ação.

Qualquer teoria, quando muito estudada, leva a segurança sobre o assunto. Seja uma especialidade médica, um estudo sobre mecânica ou até mesmo um vestibular. Toda teoria examinada por várias vezes, e cada vez mais profundamente, leva a segurança plena sobre o assunto.

Mas, e a prática, não ajuda? Sim, e muito! Na verdade, teoria sem prática enferruja... Vamos usar novamente o exemplo do médico especialista. Se ele não fizer atendimento da especialidade estudada aos pacientes, logo a teoria perde sentido, entra em desuso e fatalmente, o cérebro evita guardar a informação irrelevante. Somente a prática valida a teoria. E no marketing digital não é diferente.

As ideias são fruto da teoria armazenada, esperando ser aplicada quando surgir a oportunidade da prática. Ou seja, quanto mais estudar e se aprofundar sobre Marketing Digital, maior a chance de você estar preparado para aplicar a teoria em determinada situação.

A criatividade, muitas vezes, é mais apreciada no mundo do marketing do que as ideias bem elaboradas. Existe uma tendência passada nos cursos de marketing digital, de deixar o marketing cada vez mais matemático, exato. Porém, sem a criatividade parece que não existe impacto.

Sim, a criatividade é fundamental para uma campanha de marketing impactante. Ainda mais na internet! As ideias criativas têm a característica de serem muito boas ou muito ruins.

Para ser criativo, é preciso estar inserido no contexto da campanha. Fazer uma campanha criativa sobre produtos naturais e não vivenciar o consumo de tais produtos, dificilmente levará a uma campanha criativa.

Uma das campanhas de marketing digital de produtos naturais mais criativas já desenvolvidas, foi sobre a utilização dos produtos do cliente para fazer um shake saudável. Esse insight só foi possível devido ao consumo quase que diário desses produtos, até chegar naquela receita saborosa de shake natural, e então, querer que essa receita seja feita por mais pessoas.

A campanha é a própria receita do shake natural, em forma de infográfico, postada nos feeds de notícias e storys das redes sociais. A aceitação foi excelente, além de tornar conhecidos mais de um produto da marca do cliente.

Ideias criativas de marketing digital são fruto de muita teoria, muita prática e muita vivência.

A vivência é o principal motivo de atendermos os nossos clientes nos seus estabelecimentos. Isto gera empatia, engajamento e estimula a criatividade.

Gostaria de ter ideias criativas de marketing digital para a sua empresa também? Entre em contato conosco.

mais
Ferramentas digitais gratuitas realmente funcionam?

Você já se perguntou sobre o motivo das redes sociais criarem tantas ferramentas boas e gratuitas para ajudar nas suas vendas? O que essas Gigantes da Tecnologia ganham quando ajudam o seu negócio sem cobrar nada?

Ao pensarmos na forma de lucro de um prestador de serviços no ramo de tecnologia, resumimos em: faço e recebo. De uma fábrica é: produzo e vendo. Mas a forma de uma S.A ganhar dinheiro, como no caso do Facebook, é mais complexa, indireta.

Empresas de capital aberto no ramo da tecnologia, como o Facebook, lucram através das vendas das suas ações no mercado financeiro. A cada atualização feita no App, as ações começam a valer mais, pelo simples fato dos investidores acreditarem que as ações irão valer mais. Isso se chama especulação. Por isso, a cada atualização, inovação, novo layout de botão, cada detalhe pequeno ou alteração substancial, a S.A lucra... Portanto, disponibilizar gratuitamente um catálogo de produtos no WhatsApp, com link para finalização de compra no seu site, é muito mais lucrativo pela valorização das ações da empresa do que cobrar US$ 1.00 a cada produto cadastrado.

Sabendo que uma ferramenta poderosa de vendas, como um catálogo no WhatsApp, está disponível gratuitamente, fica a pergunta: Por quê não usar?

Um dos pensamentos que vigoram na cabeça dos consumidores, de forma geral, é que, se é de graça, não funciona. Na verdade, se não houver uma estratégia de marketing, provavelmente não vá funcionar mesmo. Ainda que todos os seus produtos estejam cadastrados nos catálogos do WhatsApp, Facebook e Instagram, direcionados corretamente para sua loja virtual e marketplaces.

Jamais podemos esquecer que ferramentas, mesmo que digitais, não fazem nada sozinhas. Precisamos saber operar, manusear, botar na prática e de forma bem planejada. Para isto, existem as estratégias de marketing digital.

Você gostaria de usar as ferramentas digitais disponíveis e gratuitas ao favor do seu negócio? Aumentando suas vendas, ampliando o alcance da sua praça de atendimento, gerando ainda mais receitas e mais lucro?

Entre em contato. Podemos analisar a estratégia que melhor ajudaria suas vendas e oferta de serviços.

mais
Marketing de Datas Sazonais

Datas sazonais, ou datas comemorativas, podem ser uma ótima opção para atingir seu público alvo.

O primeiro passo é definir qual é o seu público alvo. Focar melhor no perfil de cliente que você quer alcançar. Isso significa, que você deixará de lado perfis de clientes que podem não ser tão interessantes assim para o seu negócio, para alcançar com mais força o seu público mais rentável.

Vamos imaginar uma campanha de marketing natalina de uma rede de farmácias. Público alvo? Segundo o Instituto de Ciência, Tecnologia e Qualidade - ICTQ, 55% do público consumidor das farmácias são mulheres, com idade média de 41 anos, assalariadas da classe C. Vamos levar em conta que este público seja o mais rentável.

As keywords que atraem este público são: economia, praticidade, família, cuidados pessoais e saúde. Em uma campanha natalina, poderíamos imaginar estratégias do tipo: "Natal com economia em tamanho família". Parece bem atrativo para o público alvo.

A propaganda desta campanha de marketing deve ser atrativa para este público também. As cores, fontes de letras, imagens... tudo deve ter como foco o público escolhido.

Os preços e produtos devem favorecer ao público alvo também. Afinal, de quê adianta atrair pessoas para sua rede de farmácias se elas não econtrarão produtos que lhe interessem com preços que sejam atrativos?

Prepare os funcionários para receberem este público: treine melhor os atendentes para oferecerem produtos deste público; favoreça o layout da loja para que os produtos que este público mais consome por necessidade esteja ao fundo; que os produtos mais consumidos por impulso estejam próximo ao caixa e os produtos que mais chamam a atenção estejam próximos das portas de entrada, com preços realmente atrativos.

Talvez, em uma campanha ousada como esta, o lojista venda sabonetes ou fraldas a preço de custo para chamar público para sua loja. Mas dificilmente venderá somente este item. E se vender, pelo menos, se tornou popular.

Agora que temos uma ideia básica de como aproveitar uma data sazonal, pesquise quais datas o seu negócio pode aproveitar. Eu sempre uso o site datascomemorativas.me para pesquisar as datas que podem ser aproveitadas pelos meus clientes.

Faça esta pesquisa você também, e capriche no marketing!

mais
1

ONDE ESTAMOS?

Atendemos dentro das empresas.
Convide-nos para irmos até você contato

Telefone: (51) 99148-5026


© Daniel Labres 2021 - Todos os direito reservados. by Daniel Labres.